Ideli defende desoneração para prefeituras

"Fiquei surpresa quando surgiu com Mantega a questão da desoneração da folha. Não havíamos atentado [para a necessidade]", afirmou a ministra.

Brasília – As prefeituras são grandes empregadoras e precisam ter o mesmo tratamento de outros setores da economia com relação à desoneração da folha de pagamento, disse hoje (30) a ministra-chefe da Secretaria de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, durante o encerramento do Encontro Nacional com Novos Prefeitos e Prefeitas. O encontro teve início na segunda-feira (28), na capital federal.

Mais cedo, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, havia falado da possibilidade de estender a desoneração a prefeitos e prefeitas. “Fiquei surpresa quando surgiu com Mantega a questão da desoneração da folha. Não havíamos atentado [para a necessidade]”, afirmou a ministra.

A ministra pediu a colaboração dos prefeitos e prefeitas para que o Brasil atinja os Objetivos do Milênio, um conjunto de oito metas estabelecidas pela Organização das Nações Unidas (ONU), entre elas educação de qualidade para todos, redução da mortalidade infantil e erradicação da fome e da miséria. “Enquanto houver um brasileiro vivendo abaixo da linha da pobreza, não podemos nos considerar um país rico”, disse.

Ideli afirmou também que o encontro cumpriu a função de “dar instrumentos, informações e dicas, para que os prefeitos voltem para casa como caminhos desenhados do que é possível fazer em parceria com o governo federal”. Segundo ela, houve 17 mil inscritos entre prefeitos e suas equipes, provenientes de mais de 5 mil municípios. O total de municípios brasileiros é 5.097.

*Colaborou Stenio Ribeiro