Hollande quer fechar hoje um acordo durável sobre a Grécia

A Grécia e seus parceiros da zona do euro realizam hoje duas reuniões importantes, com uma nova proposta apresentada por Atenas nas últimas horas

Paris – O presidente da França, François Hollande, assegurou nesta segunda-feira que avançou nas negociações com a Grécia e encorajou Atentas e seus parceiros da zona do euro a tentarem alcançar um acordo “global e durável” em Bruxelas.

“É necessário que as bases de um acordo se sentem para fazer um acordo (…). Se pudermos fazer isto nesta tarde, melhor”, declarou Hollande perante a imprensa em Paris, apelando à “responsabilidade” da Grécia, mas também dos chefes de Estado e do governo da zona do euro.

O presidente da França disse que “um bom acordo” será aquele que permita à Grécia solucionar seus problemas orçamentários, que solucione os obstáculos financeiros e que financie o investimento na economia mediterrânea.

“O que não quero é um acordo parcial ou limitado no tempo. Quero um anúncio global e sustentável”, acrescentou o presidente da França, cujo país fará “todo o possível” para que as negociações cheguem a bom termo e, se não houver um consenso hoje, que as bases se sentem para que ocorra “nos próximos dias”.

A Grécia e seus parceiros da zona do euro realizam hoje duas reuniões importantes para o futuro do país, com uma nova proposta apresentada por Atenas nas últimas horas que procura um acordo que evite sua quebra e sua eventual saída do euro.

O primeiro-ministro da Grécia, Alexis Tsipras, que chegou no domingo a Bruxelas, apresentou uma nova proposta de reformas ao presidente da Comissão Europeia (CE), Jean-Claude Juncker, à chanceler da Alemanha, Angela Merkel, e ao presidente da França, François Hollande.

O líder grego espera que sua nova oferta sirva para conseguir “um acordo mutuamente beneficente que dê uma solução definitiva e não um adiamento da solução ao problema”. EFE