Governo vê arrecadação mínima com leilão do pré-sal de R$ 3 bi

Leilão do pré-sal responderia pela maior parte da arrecadação do governo federal com licitações de áreas de petróleo e gás este ano no país

Rio de Janeiro – O governo federal pretende obter uma arrecadação de no mínimo cerca de 3 bilhões de reais com o leilão de áreas de petróleo do pré-sal neste ano, disse nesta quinta-feira o ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, que trabalha para promover o certame ainda no primeiro semestre –a expectativa inicial era de realização na segunda metade do ano.

O leilão do pré-sal responderia pela maior parte da arrecadação do governo federal com licitações de áreas de petróleo e gás este ano no país, acrescentou ele.

O ministro estimou que ao todo, com outros dois certames em 2017, o governo poderia obter de 3,5 bilhões a 4,5 bilhões de reais, caso todos os blocos sejam arrematados com bônus mínimo de assinatura.