Governo pode tomar medidas sobre câmbio, diz Mantega

Ministro participou, em Londres, de um seminário fechado à imprensa sobre oportunidades de investimentos no Brasil organizado pelo BTG Pactual

Londres – O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou hoje que existe preocupação com a valorização do real. Segundo ele, novas medidas podem ser tomadas para segurar o câmbio. “Medida cambial a gente não antecipa, a gente anuncia”, disse a jornalistas. O ministro lembrou que o governo já agiu no mercado de câmbio à vista (spot) e no futuro e poderá voltar a adotar novas ações.

Para Mantega, o movimento de valorização do real está ligado à estratégia monetária registrada nos países desenvolvidos. “O QE2 (sigla em inglês para desaperto quantitativo) acabou, mas ainda existe expansão monetária”, afirmou.

O ministro reforçou que o câmbio é uma preocupação para o governo ao responder sobre a necessidade de novas altas dos juros para conter a economia. “Estamos planejando medidas o tempo todo, mas não posso antecipar”, disse, sobre a possibilidade de nova ação no câmbio.

Mantega participou na manhã de hoje, em Londres, de um seminário fechado à imprensa sobre as oportunidades de investimentos no Brasil organizado pelo BTG Pactual.

Ele disse que passou a visão de que o Brasil segue ritmo de crescimento sustentável, sem superaquecimento, com mercado de consumo sólido, investimentos crescentes e resultados positivos no mercado de trabalho.

O ministro também avaliou que a situação fiscal está melhorando em relação ao período de expansão registrado durante a crise. Em 2011, o Brasil registrará déficit fiscal pequeno, menor do que a maioria dos países, frisou.