Governo divulga novo impacto do reajuste, que vai a R$ 67 bi

O impacto do reajuste de servidores federais até de 2018, que é de R$ 67,7 bilhões e não de R$ 52,9 bilhões como anunciado pelo governo anteriormente

O Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão divulgou hoje (14) nota corrigindo o impacto do reajuste de servidores federais até de 2018, que é de R$ 67,7 bilhões e não de R$ 52,9 bilhões como anunciado pelo governo anteriormente.

O reajuste foi aprovado no dia 2 de junho pela Câmara dos Deputados.

De acordo com a nota de esclarecimento do ministério, “na tabela anteriormente divulgada, houve erro técnico na apuração dos impactos decorrentes dos reajustes concedidos no período 2017-2018″.

As informações divulgadas deixaram de computar parte do efeito das anualizações dos reajustes concedidos nos anos anteriores. Desta maneira, os valores apresentados para 2017 e 2018 estavam subestimados.

Veja abaixo como fica o impacto atualizado (valores em bilhões):

  2016 2017 2018 Acumulado
Total (Primário + CPSS) 7 25,2 35,6 67,7
Legislativo 0,5 1 1,5 3,1
Judiciário 1,9 4 5,6 11,5
MPU 0,3 0,7 1 2
DPU 0 0 0 0,1
Poder Executivo 4,2 19,4 27,4 51,1

O ministério destaca, ainda, que, mesmo com a correção, o impacto dos reajustes sobre a folha primária projetada para o período 2016-2018, considerados os seus efeitos anualizados, está abaixo da inflação esperada para o mesmo período.

Ano Folha base projetada Efeito do reajuste anualizado no ano %crescimento do reajuste anualizado do ano sobre a folha base %inflação esperada
2016 252,4 11,6 4,6 7,2
2017 256,2 13 5,1 5,5
2018 267,2 11 4,1 5

Fonte: SOF/SEGRT/MP