Governo aumenta preços dos combustíveis em 9 estados e DF

O preço médio dado ao consumidor dos combustíveis sofreu um reajuste, de acordo com tabela publicada no Diário Oficial

São Paulo – Os preços dos combustíveis foram reajustados hoje pelo secretário-executivo do Conselho Nacional de Política Fazendária (CONFAZ), órgão do Ministério da Fazenda, em 9 estados e no Distrito Federal. 

De acordo com tabela divulgada no Diário Oficial da União, os estados de Alagoas, Amazonas, Ceará, Maranhão, Paraíba, Piauí, Rio de Janeiro, São Paulo e Santa Catarina, além do Distrito Federal, tiveram preços da gasolina, diesel, etanol e outros combustíveis aumentados.

O reajuste entra em vigor nessas regiões a partir do dia 1º de fevereiro, e é apenas uma referência aos postos de combustíveis, que não têm a obrigação de aplicar esses valores. 

Em São Paulo, o preço sugerido pelo litro da gasolina foi de R$ 2,905. Já o estado do Amazonas terá o preço do combustível mais alto entre as 10 regiões: a gasolina sairá por R$ 3,3148 o litro. O Acre continua com o preço mais alto no país, de R$ 3,4962.

A divulgação da tabela ocorre após o anúncio de medidas fiscais feito pelo ministro da Fazenda, Joaquim Levy, no último dia 19. Uma das medidas foi a retomada da Cide sobre combustíveis.

Veja a tabela com os reajustes na gasolina, diesel e etanol. A tabela completa está disponível no site do Ministério da Fazenda:

UF GASOLINA DIESEL Etanol
       
  (R$/ litro) (R$/ litro) (R$/ litro)
AC 3,4962 3,2234 2,9802
*AL 3,069 2,566 2,503
*AM 3,3148 2,6849 2,5993
AP 3,034 2,7 2,9
BA 3,16 2,45
*CE 3,03 2,5 2,32
*DF 3,199 2,627 2,469
ES 3,0578 2,594 2,5831
GO 3,2103 2,6794 2,2563
*MA 3,105 2,562 2,625
MT 3,2906 2,9031 2,193
MS 3,1415 2,438 1,9712
MG 3,0987 2,6558 2,2224
PA 3,195 2,804 2,722
*PB 2,9802 2,5611 2,3275
PE 2,913 2,6076 2,367
*PI 2,9475 2,6394 2,5944
PR 3,05 2,58 2,1
*RJ 3,265 2,66 2,556
RN 3,099 2,6552 2,651
RO 3,251 2,852 2,67
RR 3,165 2,864 2,796
RS 2,4201
*SC 3,24 2,69 2,44
*SP 2,905 2,5843 1,914
SE 2,9973 2,5671 2,5162
TO 3,1 2,55 2,35

* Preço médio ponderado ao consumidor final alterados pela medida