FMI pede ao G20 que evite políticas comerciais “míopes”

Fundo afirmou em uma nota econômica aos líderes que um sistema comercial aberto e baseado em regras é vital para a prosperidade mundial

Washington – O Fundo Monetário Internacional (FMI) pediu nesta quarta-feira aos líderes do G20 para evitar políticas nacionalistas “míopes” e que trabalhem juntos em fóruns para resolver suas diferenças comerciais e econômicas.

Em uma mensagem antes da primeira cúpula do G20 do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, na Alemanha esta semana, o FMI disse em uma nota econômica aos líderes que um sistema comercial aberto e baseado em regras é vital para a prosperidade mundial.

“A busca míope de políticas de soma zero só pode acabar afetando todos os países, como mostra a história”, disse o FMI.

“Como as políticas nacionais interagem inevitavelmente em uma série de áreas vitais, criando repercussões fortes entre os países, a economia mundial trabalha muito melhor para todos quando as autoridades se dedicam em um diálogo regular e trabalham dentro dos mecanismos acordados para resolver desacordos.”