Fim de sanção reduziria custo de importação de trigo ao Irã

Agência estatal de compra de grãos estima que o fim das sanções ao país poderá ajudar a reduzir o custo do trigo importado em até 30%

Dubai – A agência estatal de compra de grãos do Irã (a GTC, na sigla em inglês) estima que o fim das sanções ao país poderá ajudar a reduzir o custo do trigo importado em até 30 por cento.

Em uma entrevista à Reuters nos bastidores da 26ª Conferência da África e Oriente Médio, o vice-ministro da agricultura Ali Ghanbari disse que a queda nos custos seria amplamente causada pela suspensão das sanções impostas às linhas de embarques da República Islâmica do Irã (IRISL Group, na sigla em inglês).

No mês passado, o Irã começou a retroceder seu programa nuclear sob os termos do acordo firmado com as potências mundiais que suspenderão as sanções internacionais à Teerã, provavelmente no início ou meio de 2016.

“Esperamos que com a suspensão das sanções, especialmente sob a IRISL, os custos caiam entre 20 a 30 por cento,” disse Ghanbari, que também é presidente do conselho e presidente executivo da GTC.