Fed está próximo de metas de emprego e inflação, diz Fischer

O vice-chair do Fed acrescentou que "não está entusiasmado" em aumentar a meta do nível de preços numa tentativa de estimular o crescimento econômico

O Federal Reserve está muito próximo de suas metas de emprego e inflação, afirmou nesta segunda-feira o vice-chair do Fed, Stanley Fischer, acrescentando, portanto, que ele “não está entusiasmado” em aumentar a meta do nível de preços numa tentativa de estimular o crescimento econômico.

“Nós estamos muito próximos das nossas metas” de pleno emprego e 2 por cento de inflação, afirmou Fischer.

“Então, nós não estamos em um problema profundo com a política monetária no momento”, ele respondeu quando questionado sobre o conceito de elevar a meta de inflação do Fed.