Fazenda corrige previsão de inflação para 2012

"O correto é 4,6%, conforme relatório de inflação do Banco Central divulgado em março", afirmou o ministério, completando que valor de 4,5% foi erro de digitação

São Paulo – O Ministério da Fazenda divulgou nota hoje em que corrige a previsão de inflação para 2012 do documento Economia Brasileira em Perspectiva, divulgado hoje. Segundo a nota, “no que tange à taxa de inflação de 4,5% para o ano de 2012, a SPE (Secretaria de Política Econômica) admite erro de digitação. O correto é 4 6%, conforme relatório de inflação do Banco Central divulgado em março”.

Na nota, a SPE ainda destaca que, no que se refere às previsões de inflação, não há divergência com relação às previsões do BC e esclarece que o documento foi finalizado antes da publicação da edição de junho do Relatório de Inflação do BC, que considera 5 8% de inflação para 2011 como um dos cenários possíveis caso seja mantida a taxa de juros constante.

“Avaliando os cenários possíveis, a SPE ainda acredita na possibilidade da convergência da taxa de inflação para o centro da meta. A SPE informa que ainda não foi revisada a previsão para 2012”, destaca a nota. No documento divulgado hoje pelo Ministério da Fazenda, a previsão de inflação para 2011 foi mantida em 5,6%.