Dólar R$ 3,27 -0,54%
Euro R$ 3,65 0,07%
SELIC 11,25% ao ano
Ibovespa 1,36% 64.085 pts
Pontos 64.085
Variação 1,36%
Maior Alta 4,89% RADL3
Maior Baixa -6,09% JBSS3
Última atualização 26/05/2017 - 17:20 FONTE

Exportações brasileiras de café caem 8,9% em 2016

As exportações brasileiras de café nos 11 primeiros meses de 2016 são as menores em volume para o período desde 2013

São Paulo – O Brasil, maior produtor e abastecedor mundial de café, exportou entre janeiro e novembro 30,7 milhões de sacas (de 60 quilos) do grão, um volume 8,9% inferior ao do mesmo período do ano anterior (33,7 milhões de sacas), informaram nesta quarta-feira fontes empresariais.

As exportações brasileiras de café nos 11 primeiros meses de 2016 são as menores em volume para o período desde 2013, quando foram exportadas 28,6 milhões de sacas, segundo os dados divulgados pelo Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé).

O valor das exportações chegou aos R$ 16,4 bilhões, 15,1% inferior ao do mesmo período do ano anterior.

Em novembro deste ano, foram exportadas 3 milhões de sacas, uma redução de 12,2% em relação ao mesmo mês de 2015, por um valor de R$ 1,8 bilhão.

O Cecafé atribuiu a queda das exportações em novembro à greve no porto de Santos, o maior da América do Sul, o que, segundo a patronal, comprometeu a emissão dos certificados para embarque.

De acordo com o presidente do Cecafé, Nelson Carvalhaes, o Brasil exportará aproximadamente 34 milhões de sacas até o final do ano.

O Cecafé também informou que os principais destinos das exportações continuam sendo Estados Unidos (5.805.870 de sacas), Alemanha (5.596.361), Itália (2.658.381), Japão (2.227.323) e Bélgica (1.856.960).

Por variedade, o café arábica representou 86,7% das exportações no período, o solúvel 11,3%, o robusta 1,8% e o torrado 0,1%.