Sanções à Rússia podem aumentar na segunda-feira

O aviso reforça um comunicado divulgado mais cedo por líderes da União Europeia

Washington – A Casa Branca afirmou que a probabilidade de novas sanções econômicas à Rússia vai aumentar se o país não cumprir o prazo da próxima segunda-feira para aliviar as tensões na Ucrânia.

O aviso reforça um comunicado divulgado mais cedo por líderes da União Europeia, que concederam à Rússia 72 horas para tomar ações concretas que aliviem a situação no país vizinho.

O porta-voz da Casa Branca, Josh Earnest, afirmou que o governo do presidente Barack Obama e a UE esperam que a Rússia concorde com as medidas, que incluem uma missão independente de monitoramente da fronteira, a volta de todos os postos de fronteira para o controle ucraniano, a liberação de reféns e o início das negociações para o plano de paz do presidente da Ucrânia, Petro Poroshenko.

“A falta dessas medidas somente aumenta a probabilidade de custos econômicos adicionais serem impostos”, disse Earnest a repórteres.

Ele acrescentou que os EUA demonstraram “uma clara disposição em agir conjuntamente com nossos parceiros e aliados para isolar ainda mais a Rússia”.

Fonte: Dow Jones Newswires.