EUA modificam sanções para vender produtos informáticos à Rússia

O anúncio provocou especulações sobre o fato de que a medida seja o princípio de uma progressiva suspensão das sanções econômicas à Rússia

Washington – O Departamento do Tesouro dos Estados Unidos modificou nesta quinta-feira as condições para vender produtos informáticos à Rússia, entre as quais se incluem certas isenções para o Serviço Federal de Segurança da Rússia (FSB, antigo KGB), órgão encarregado de outorgar licenças para importações tecnológicas.

O anúncio do Tesouro provocou especulações sobre o fato de que a medida seja o princípio de uma progressiva suspensão das sanções econômicas à Rússia, algo rejeitado pelo próprio presidente dos EUA, Donald Trump, que comentou em um ato na Casa Branca: “Eu não suavizei nada (em alusão às sanções)”.

Esta proibição foi estabelecida em dezembro do ano passado na rodada de sanções aprovadas pelo então presidente, Barack Obama, como resposta às denúncias de ciberataques por parte de Moscou durante a campanha eleitoral americana para favorecer Trump contra a democrata Hillary Clinton.