Energéticas alemãs pagarão € 23,6 bi por resíduos nucleares

Esta quantidade, que as companhias deverão começar a pagar em 1º de janeiro de 2017 a um fundo estatal, exime de sua responsabilidade o lixo radioativo

Frankfurt – As companhias de fornecimento energético alemãs pagarão ao governo 23,55 bilhões de euros, mais juros, para financiar o armazenamento temporário e definitivo dos resíduos nucleares, segundo um projeto de lei apresentado nesta sexta-feira e que será estipulado em 19 de outubro.

Esta quantidade, que as companhias deverão começar a pagar em 1º de janeiro de 2017 a um fundo estatal, exime de sua responsabilidade o lixo radioativo.

A quantidade total é composta de uma quantidade base de 17,38 bilhões de euros e de um suplemento por riscos de 6,16 bilhões de euros.

Além disso, a empresas de fornecimento energético poderão concordar os prazos para os pagamentos e deverão tê-los completados, no mais tardar, em 31 de dezembro de 2026.

O fundo estatal administrará o armazenamento temporário e definitivo dos resíduos nucleares.

As companhias energéticas terão responsabilidade sobre o fechamento e desmantelamento das usinas nucleares, assim como da embalagem dos resíduos nucleares.