Desemprego registra leve alta na Espanha

Desemprego afeta 5,44 milhões de pessoas no primeiro trimestre na Espanha, 13.100 a menos que no trimestre anterior, anunciou o INE

Madri – O índice de desemprego registrou leve alta na Espanha no primeiro trimestre de 2015, a 23,78%, já que a redução do número de pessoas sem trabalho foi anulada por um retrocesso da população ativa.

O desemprego afeta 5,44 milhões de pessoas no primeiro trimestre na Espanha, 13.100 a menos que no trimestre anterior, anunciou o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Mas esta melhoria foi anulada por um retrocesso maior da população ativa, provocada pelas pessoas que deixam o país e pelos desempregados que, desanimados, param de procurar trabalho.

A população ativa registrou queda de 127.400 pessoas no primeiro trimestre do ano, a 22.899.400.

Como resultado, a taxa de desemprego passou de 23,7% no fim de 2014 a 23,78% nos primeiros três meses de 2015 e continua sendo uma das principais preocupações da população em um ano com várias eleições, incluindo as legislativas do quarto trimestre.