Déficit nas contas externas somam US$ 878 milhões em novembro

No acumulado do ano até novembro, o rombo nas contas externas soma US$ 17,818 bilhões

Brasília – O resultado das transações correntes ficou negativo em US$ 878 milhões em novembro, após o déficit de US$ 3,339 bilhões registrado em outubro.

A projeção do Banco Central para a conta corrente do mês passado era de um saldo negativo de US$ 1,7 bilhão.

O resultado de novembro ficou abaixo da mediana negativa de US$ 200 milhões apontada pelo levantamento realizado pelo Projeções Broadcast com 24 instituições, que ia de um déficit de US$ 1,600 bilhão a um superávit de US$ 2,000 bilhões.

A balança comercial registrou saldo positivo de US$ 4,516 bilhões em novembro, enquanto a conta de serviços ficou negativa em US$ 2,349 bilhões.

A conta de renda primária ficou deficitária em US$ 3,315 bilhões. No caso da conta financeira, o resultado ficou no vermelho em US$ 652 milhões.

No acumulado do ano até novembro, o rombo nas contas externas soma US$ 17,818 bilhões.

Já nos últimos 12 meses até novembro deste ano, o saldo das transações correntes está negativo em US$ 20,261 bilhões, o que representa 1,12% do Produto Interno Bruto (PIB).