Déficit comercial dos EUA com a América Latina cai 50,2%

Déficit com a região representou no último mês de outubro 2,2% do déficit no comércio de bens americanos, que nesse mês somou US$ 64,620 bilhões

Washington – O déficit dos Estados Unidos em seu comércio de bens e serviços com os países da América Latina e do Caribe diminuiu 50,2% em outubro e ficou em US$ 1,453 bilhão, informou nesta quarta-feira o Departamento de Comércio.

O déficit com a região representou no último mês de outubro 2,2% do déficit no comércio de bens americanos, que nesse mês somou US$ 64,620 bilhões.

Nos dez primeiros meses deste ano o déficit americano com a América Latina e o Caribe somou US$ 26,4 bilhões, 43,3% menos que o saldo do mesmo período em 2012 quando somou US$ 46,519 bilhões.

Por países, o superávit americano com o Brasil subiu de US$ 988 milhões em setembro para US$ 1,664 bilhão em outubro. Entre janeiro e outubro, os EUA somaram um superávit de US$ 13,974 bilhões, comparado com os US$ 8,722 bilhões no mesmo período do ano anterior.

Já o déficit dos EUA em seu comércio de bens com o México caiu de US$ 5,277 bilhões em setembro para US$ 4,111 bilhões em outubro. Nos dez primeiros meses do ano o déficit americano somou US$ 46,005 bilhões, comparado com os US$ 52,792 bilhões no período similar de 2012.

Por fim, o superávit dos EUA em seu comércio de bens com a Argentina desceu de US$ 510 milhões em setembro para US$ 465 milhões de em outubro.

Entre janeiro e outubro deste ano, os EUA acumularam um saldo positivo de US$ 4,731 bilhões comparado com um de US$ 4,941 bilhões nos dez primeiros meses de 2012.