Crédito na Caixa soma R$ 88,2 bi no 1º trimestre

O crédito comercial respondeu por R$ 51,1 bilhões das contratações no primeiro trimestre, crescimento de 54,5% em relação ao mesmo período de 2012

São Paulo – As contratações de crédito na Caixa Econômica Federal totalizaram R$ 88,2 bilhões no primeiro trimestre deste ano, impulsionadas pelo programa “Caixa Melhor Crédito”, de menores taxas, que completou um ano.

O crédito comercial respondeu por R$ 51,1 bilhões das contratações no primeiro trimestre, crescimento de 54,5% em relação ao mesmo período de 2012. As operações com pessoas físicas totalizaram R$ 27,3 bilhões no primeiro trimestre enquanto as com pessoas jurídicas atingiram R$ 23,8 bilhões, aumento de 50,9% e 59%, respectivamente, comparadas ao mesmo período do ano passado.

O programa Caixa Melhor Crédito trouxe 6 milhões de clientes para o banco ao completar o ano em 09 de abril. A liberação diária de crédito pelo banco quase dobrou neste período. Segundo Marcio Percival, vice-presidente de Finanças do banco, passou de R$ 580 milhões diários para R$ 1 bilhão. “A expectativa da Caixa era dobrar o número de contratações com o programa de menores taxas. É ele quem está fazendo crescer as nossas receitas e o nosso resultado”, avalia ele, em entrevista exclusiva à Agência Estado.

De janeiro a março, a contratação total dos produtos incluídos nesta iniciativa foi de R$ 43,3 bilhões, alta de 66,5% ante o mesmo período de 2012, antes do lançamento do programa. As linhas de crédito destinadas ao segmento de pessoas jurídicas apresentaram crescimento de 93,7% de janeiro a março ante um ano, alcançando R$ 19,1 bilhões em recursos contratados.

O produto GiroCaixa Fácil, voltada à micro, pequenas e médias empresas, foi destaque, aumentando sua contratação em nove vezes. O montante contratado com o produto passou de R$ 496,7 milhões de janeiro a março de 2012 para R$ 4,4 bilhões em igual intervalo deste ano.

Para o público pessoa física, o banco emprestou R$ 24,2 bilhões, cifra 49,9% superior à vista em 12 meses. Neste segmento, o destaque foi o crédito consignado (com desconto em folha), com contratação de R$ 8,2 bilhões, aumento de 77,8%, e para o crédito direto ao consumidor, que teve expansão de 15,3%, totalizando R$ 1,3 bilhão.

A carteira total de crédito da Caixa cresceu 43% de janeiro a março, alcançando estoque de R$ 390,6 bilhões, quando comparado ao mesmo intervalo de 2012. O banco originou cerca de 31% do crédito do mercado no período, aumentando seu market share do mercado para 16%, evolução de 2,9 pontos porcentuais ante março de 2012.