Comércio exterior de países mais pobres aumenta 23% em 2011

O valor das exportações dos países mais pobres alcançou 229,8 bilhões de dólares no ano passado

Genebra – O valor das exportações dos países mais pobres (PMA) em 2011 aumentou 23,9% e alcançou 229,8 bilhões de dólares, segundo estatísticas publicadas nesta quinta-feira pela Organização Mundial do Comércio (OMC).

Apesar desta evolução favorável, “resta muito a fazer”, disse um representante do Haiti, o país coordenador dos PMA dentro da organização internacional.

As exportações de bens aumentaram 23,9% e as de serviços, 15,6%, com um aumento líquido de 25% dos produtos petrolíferos e da mineração.

A proporção dos PMA no comércio mundial (exportações e importações) passou de 1,09% em 2010 a 1,12% em 2011.

Por causa do forte crescimento das exportações em matérias primas, o déficit da balança comercial dos PMA se reduziu consideravelmente e passou de -26,5 bilhões de dólares em 2009 a -3,3 bilhões de dólares em 2011.

O grupo de países menos avançados inclui 48 países, 33 deles na África, nove na Ásia, cinco no Pacífico e um nas Antilhas. Desses 48, 33 fazem parte da OMC.