China registra nova contração da atividade industrial

A atividade industrial chinesa se contraiu de novo em janeiro, e a economia do país segue desacelerando, segundo o HSBC

Pequim – A atividade industrial chinesa se contraiu de novo em janeiro, segundo o banco HSBC, que publicou nesta sexta-feira seu índice PMI preliminar, elaborado com os responsáveis por compras.

A atividade da segunda economia mundial continua registrando uma desaceleração, segundo o banco.

O índice PMI do HSBC — ainda provisório, já que janeiro ainda não acabou – se situa em 49,8, contra 49,6 de dezembro.

É preciso remontar a maio do ano passado para encontrar um índice pior, de 49,4.

Quando este índice supera os 50 pontos, isso significa que a atividade industrial cresce, ao passo que, se for inferior, é porque se contrai.

O crescimento da China desacelerou fortemente em 2014, a 7,4%, o nível mais baixo em 25 anos, segundo dados oficiais publicados na quarta-feira.