China nega que conceda subsídios a indústria de alumínio

Segundo o ministério, o acesso a empréstimos bancários e compras de matérias primas são baseados em forças de mercado

Pequim – A China negou hoje que conceda subsídios a sua indústria de alumínio, em resposta a uma queixa apresentada pelo governo dos EUA à Organização Mundial do Comércio (OMC).

“O (setor) de alumínio da China é altamente competitivo e direcionado ao mercado”, afirmou o Ministério de Comércio chinês, em comunicado publicado em sua página na internet.

O acesso a empréstimos bancários e compras de matérias primas são baseados em forças de mercado, o ministério argumentou, acrescentando que lamenta a decisão dos EUA de tentar solucionar a disputa no âmbito da OMC.

Ontem, a Casa Branca fez uma queixa formal contra o governo chinês na OMC, acusando Pequim de destinar empréstimos artificialmente baratos de bancos estatais para produtores de alumínio do país, ajudando a indústria a modernizar instalações e expandir a produção.

Fonte: Dow Jones Newswires.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s