China multa Tetra Pak em US$ 99 milhões

Multa ocorreu pela empresa obrigar os fornecedores a recorrer a seus serviços e obstruir a colaboração com a concorrência

A China anunciou uma multa de 668 milhões de yuanes (99 milhões de dólares) à Tetra Pak, após uma investigação de combate ao monopólio contra a empresa sueca de embalagens para alimentos.

A empresa se aproveitou de sua “posição dominante no mercado para obrigar os fornecedores a recorrer a seus serviços e obstruir a colaboração com a concorrência, afirma um comunicado da Administração Chinesa para a Indústria e o Comércio (SAIC).

Em seu site, a Tetra Pak afirma que sempre atuou “de acordo com a legislação”. A empresa criticou a decisão chinesa, mas informou que não vai apelar contra a multa.

A marca sueca fabrica sobretudo embalagens para leite. As autoridades chinesas anunciaram uma investigação em 2013, como parte de outra mais profunda sobre o setor, em particular os produtores de leite para bebês.

A Tetra Pak tem 23.600 funcionários no planeta e suas embalagens estão presentes em mais de 170 países. A empresa pertence ao grupo Tetra Laval.

A marca sueca está presente desde 1972 na China, possui um centro de pesquisas em Xangai e fábricas em vários países.