China: medida de oferta monetária sobe 14% em junho

O crescimento menor na oferta monetária chinesa em junho está em linha com as expectativas e com a política monetária

Xangai – A medida mais ampla da oferta monetária da China, M2, subiu 14% em junho, na comparação com o mesmo período do ano passado, de acordo com dados divulgados pelo Banco do Povo da China (PBOC).

O crescimento menor na oferta monetária chinesa em junho está em linha com as expectativas e com a política monetária, disse uma fonte do banco central do país, segundo a agência de notícias Xinhua News. “O crescimento menor está mais perto da meta de expansão de 13% da oferta monetária estabelecida no início deste ano”, disse a fonte.

“A desaceleração na oferta monetária ocorreu devido ao crescimento menor do depósito após o aperto de Pequim nos setores financeiros embora o efeito da base elevada também tenha contribuído”, afirmou o funcionário.

Ele descreveu o salto da taxa de mercado monetário em junho como um “fenômeno de curto prazo” e disse não isso não afetará diretamente a economia real. Fonte: Dow Jones Newswires.