China e Arábia estreitam laços e anunciam série de projetos

Segundo Toraifi, ministro da Cultura e da Informação, ambos os lados concordaram com o prazo de um ano para a finalização de mais de uma dezena de memorandos

Washington – A China e a Arábia Saudita anunciaram uma série propostas para projetos conjuntos nesta segunda-feira, da construção de complexos de petróleo e empreendimentos imobiliários, afirmou hoje uma autoridade saudita.

Eles também trocaram informações sobre questões de segurança.

A informação foi dada pelo ministro da Cultura e da Informação, Adel Al-Toraifi, que integra a comitiva liderada pelo principie Mohammed bin Salman.

Na semana passada, ele se encontrou com o presidente chinês Xi Jinping após uma visita deste ao Golfo Pérsico em janeiro.

Segundo Toraifi, ambos os lados concordaram com o prazo de um ano para a finalização de mais de uma dezena de memorandos de entendimento assinados durante a visita à Pequim que devem resultar na criação de um programa de investimentos de 5 anos nos dois países e de aportes em outras nações.

Segundo ele, o programa cruza interesses comuns delineados no programa de desenvolvimento de cada país, a Visão para 2030 da Arábia Saudita e o Cinturão e a Rota da China.

A questão da segurança também foi enfatizada entre os dois países. “Nossa preocupação é p terrorismo, claro”, afirmou Toraifi.

A província chinesa de Xinjiang é lar de uma população predominantemente muçulmana da etnia uigur, alguns dos quais Pequim acusa de radicalismo e separatismo, incluindo atos terroristas. Fonte: Dow Jones Newswires.