Brent sobe com violência no norte do Iraque

Militantes islâmicos registravam vitórias no Iraque sobre forças curdas e aproximando-se de campos de petróleo da região autônoma

Londres – O petróleo Brent subiu acima de 105 dólares por barril nesta quinta-feira com a deterioração da situação da segurança no norte do Iraque e com militantes islâmicos registrando vitórias sobre forças curdas e aproximando-se de campos de petróleo da região autônoma.

Dois carros-bomba explodiram nesta quinta-feira, matando nove pessoas na cidade petrolífera de Kirkuk, no norte do Iraque, de acordo com a polícia e fontes médicas. As explosões ocorreram perto de uma mesquita xiita.

Operadores disseram que a produção nos campos do norte do Iraque estão cada vez mais em risco, com a escalada de violência.

“A situação lá certamente não está melhorando no momento. É difícil ver uma solução no curto prazo”, disse Hans van Cleef, economista sênior de energia no ABN Amro, em Amsterdã.

O contrato do Brent subia 0,3 por cento, a 104,93 dólares por barril às 10h53 (horário de Brasília), depois de fechar na quarta-feira no menor patamar desde 7 de novembro.

Já o petróleo nos EUA tinha alta de 0,05 por cento, a 96,96 dólares por barril.