Brasil pode retaliar Chile por embargo de carnes, diz ministro

Maggi disse entender que o Chile suspenda as importações dos 21 frigoríficos suspeitos, mas não ficará de braços cruzados em caso de bloqueio total

O Brasil poderá adotar uma “reação forte” caso o Chile feche completamente seu mercado de carnes aos produtos brasileiros, advertiu nesta segunda-feira o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, que disse contar com a “autorização” do presidente Michel Temer para tomar as medidas necessárias.

Maggi disse entender que o Chile suspenda as importações dos 21 frigoríficos suspeitos de vender produtos impróprios, mas advertiu que não ficará de braços cruzados em caso de bloqueio total à carne brasileira.

“Se for preciso adotar uma reação mais forte, faremos isto, sem qualquer dúvida”.