Brasil está convergendo a inflação para a meta, diz Meirelles

Ministro da Fazenda afirmou que a desaceleração na alta dos preços é resultado do processo de ajuste fiscal e de uma atuação permanente do BC

Rio de Janeiro – O Brasil está em processo de convergência contínua das expectativas de inflação para a meta, afirmou nesta segunda-feira o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, ao comentar a possibilidade de o Banco Central cumprir o objetivo deste ano na visão de economistas.

Segundo Meirelles a perspectiva de desaceleração da alta dos preços é resultado do processo de ajuste fiscal e de uma atuação permanente do Banco Central.

“Temos uma evolução esperada dos índices de inflação. A queda da inflação é resultado dos projetos de ajuste fiscal que colaboram na formação das expectativas, mas também do trabalho do BC”, disse Meirelles a jornalistas no Rio de Janeiro após participar de evento.

“Tudo isso faz com que estejamos vendo um processo continuado de convergência das expectativas de inflação para a meta. Isso está dentro do esperado”, completou.

A pesquisa Focus do BC, que ouve semanalmente uma centena de economistas, mostrou nesta segunda-feira que a estimativa para a alta do IPCA em 2016 caiu a 6,49 por cento. Se confirmada essa projeção, a inflação ficará dentro da meta de 4,5 por cento pelo IPCA, com tolerância de 2 pontos percentuais.

Por outro lado, a perspectiva para atividade econômica em 2017 continuou a piorar na pesquisa, apontando agora um crescimento de apenas 0,58 por cento. Para 2016 a projeção é de uma contração de 3,48 por cento.

“A retomada da economia brasileira ocorrerá e a expectativa é que o Brasil já esteja trabalhando com crescimento no primeiro trimestre de 2017. Mas o crescimento médio do ano está num patamar baixo e o mercado está fazendo revisões muito em função da queda pronunciada deste ano”, avaliou Meirelles.