Dólar R$ 3,28 0,12%
Euro R$ 3,65 -0,44%
SELIC 11,25% ao ano
Ibovespa -0,05% 63.227 pts
Pontos 63.227
Variação -0,05%
Maior Alta 22,54% JBSS3
Maior Baixa -4,09% CYRE3
Última atualização 25/05/2017 - 17:21 FONTE

BNDES conclui pagamento antecipado de R$100 bi ao Tesouro

Segundo comunicado, o valor antecipado representa 18,7% do passivo de 532 bilhões de reais que o BNDES possui junto ao Tesouro

São Paulo – O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) concluiu nesta sexta-feira a antecipação do pagamentos de empréstimos junto ao Tesouro no valor de 100 bilhões de reais, o que vai reduzir em 1,6 por cento a dívida bruta do país, informou o Tesouro.

Segundo comunicado, o valor antecipado representa 18,7 por cento do passivo de 532 bilhões de reais que o BNDES possui junto ao Tesouro, conforme posição de setembro de 2016.

Do total pago, foram liquidados 40 bilhões de reais em títulos públicos e 60 bilhões de reais em dinheiro. Os títulos foram imediatamente cancelados, e os recursos financeiros serão utilizados para o pagamento da dívida pública em mercado, segundo o Tesouro.

Os empréstimos foram firmados em contratos de financiamentos entre 2008 e 2014.

O pagamento do BNDES ao Tesouro Nacional foi aprovado pelo Tribunal de Contas da União (TCU) no dia 23 de novembro, que considerou a antecipação legal.

Inicialmente, fora previsto o pagamento em três parcelas anuais, sendo a primeira, de 40 bilhões de reais, neste ano e outras duas de 30 bilhões de reais em 2017 e 2018, respectivamente. Depois, no entanto, o BNDES informou que pagaria de uma vez todo o montante.

A redução total na dívida bruta, atualmente acima de 70 por cento do Produto Interno Bruto, será de 137,3 bilhões de reais, já que a antecipação do pagamento representa uma redução dos custos com subsídios implícitos de aproximadamente 37,3 bilhões de reais a valor presente nos próximos 35 anos.