BC do Japão diz que economia dos EUA cresce de forma constante

Na primeira reunião entre o presidente do BC e o premiê Shinzo Abe, autoridades disseram não discutir sobre o presidente eleito dos EUA, Donald Trump

Tóquio – O presidente do banco central do Japão, Haruhiko Kuroda, demonstrou otimismo com a saúde da economia dos Estados Unidos em uma reunião com o primeiro-ministro, Shinzo Abe, nesta quarta-feira.

Na primeira reunião entre os dois desde setembro, Kuroda afirmou que não recebeu nenhum pedido em particular do premiê sobre política monetária e que não houve discussão específica sobre o presidente eleito dos EUA, Donald Trump.

“A reunião de hoje é uma das que eu tenho regularmente com o primeiro-ministro”, disse Kuroda a repórteres. “Eu expliquei acontecimentos recentes na economia global. Não conversamos especificamente sobre Trump”.

Kuroda também explicou que disse a Abe que a economia dos EUA está crescendo a um ritmo constante.

O Banco do Japão tem mantido a política monetária desde que reformou a estrutura dela em setembro para uma política mais voltada à batalha de longo prazo contra a deflação.