BC chinês injeta US$ 44,3 bilhões no mercado financeiro

Medida é uma tentativa de manter ampla liquidez no sistema bancário do país

Pequim – O Banco do Povo da China (PBoC, o BC chinês) injetou 305,5 bilhões de yuans (US$ 44,32 bilhões) no mercado financeiro por meio de uma de linha de crédito de médio prazo, numa tentativa de manter ampla liquidez no sistema bancário do país, segundo comunicado divulgado hoje na conta de microblog do PBoC.

O PBoC ofereceu 123 bilhões de yuans em empréstimos de seis meses e outros 182,5 bilhões de yuans em crédito de um ano para 21 instituições financeiras, cobrando taxas de 2,85% e 3%, respectivamente.

A linha de crédito de médio prazo é um instrumento de política monetária utilizada pelo PBoC desde 2014.

Fonte: Dow Jones Newswires.