Augustin confirma repasse de R$ 1 bi do BNDES ao Tesouro

Secretário disse que governo tem cronograma de repasse de dividendos para banco

Brasília – O secretário do Tesouro Nacional, Arno Augustin, confirmou nesta sexta-feira, 27, que o BNDES repassará em junho à União cerca de R$ 1 bilhão de juros sobre o capital próprio.

A informação foi antecipada ontem pelo Broadcast, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado, que informou que o pedido foi feito em relação ao lucro de 2014.

O secretário disse que o governo tem um cronograma de repasse de dividendos. Para ele, esse repasse não tem efeito negativo para o banco. “Não tem efeito maior”, afirmou.

CDE

Augustin afirmou que o Tesouro Nacional não aumentará os aportes deste ano para a Conta de Desenvolvimento Energético (CDE), o fundo setorial que banca os custos da redução da tarifa de energia. Segundo ele, os gastos orçamentários previstos para o ano são de R$ 13 bilhões.

Questionado se há risco de o governo aumentar valor dos aportes, ele negou categoricamente.

Augustin ainda esclareceu que a CDE está autorizada a fazer pagamento de obras que envolvam energia nas Olimpíadas e que o valor não é expressivo.

O governo federal autorizou, por meio de decreto publicado hoje no Diário Oficial, o repasse de recursos da conta às concessionárias de distribuição para que cubram custos decorrentes de obras relacionadas aos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro.