Argentina leva EUA a Haia por cobrança de dívida

Argentina apresenta processo contra os Estados Unidos por considerar que decisões americanas contra o país violam soberania

Buenos Aires – A Argentina apresentou nesta quinta-feira um processo contra os Estados Unidos na Corte Internacional de Justiça de Haia por considerar que as decisões adotadas pelos tribunais americanos nas ações de fundos especulativos contra o país violam sua soberania, informaram fontes oficiais.

A alegagação argentina é de que sofreu uma “violação de suas imunidades soberanas” e da “obrigação internacional de não aplicar ou estimular medidas de caráter econômico e político para forçar a vontade soberana de outro Estado”, segundo um comunicado oficial.

“A responsabilidade internacional dos Estados Unidos pela violação das obrigações mencionadas surge, principalmente, da ação de um de seus órgãos, o Poder Judiciário”, explica o texto.