Argentina elimina restrição à entrada de capital estrangeiro

A resolução que modifica um decreto de 2005 "elimina a última barreira vigente na entrada de capitais estrangeiros"

O governo argentino anunciou nesta quinta-feira a eliminação do prazo mínimo de 120 dias de permanência no país para investimentos estrangeiros. Segundo uma nota oficial, a medida faz parte do “processo de normalização da macroeconomia”.

A resolução que modifica um decreto de 2005 “elimina a última barreira vigente na entrada de capitais estrangeiros”, informou o Ministério da Fazenda.

A medida “representa um avanço no caminho da transparência, da credibilidade, da confiança e faz parte do processo de normalização da macroeconomia do país”, diz a nota oficial.