Arábia Saudita diz que será rigorosa em acordo sobre petróleo

Na semana passada, Khalid al-Falih disse que a produção saudita havia caído abaixo de 10 milhões de bpd, significando um corte de mais de 486 mil bpd

Abu Dhabi – A Arábia Saudita irá aderir rigorosamente ao seu compromisso de produção dentro do acordo global firmado entre produtores de petróleo para reduzir volumes, disse nesta segunda-feira o ministro saudita de Energia, Khalid al-Falih.

Falih, que participa de um evento do setor de petróleo em Abu Dhabi, respondeu a pergunta sobre se esperava que a produção saudita ficasse abaixo de 10 milhões de barris por dia (bpd) por muitos meses mais.

Na semana passada, Falih disse que a produção de seu país havia caído abaixo de 10 milhões de bpd, o que significa que houve um corte de mais de 486 mil bpd, que foi o nível acertado para a contribuição saudita no acordo de produtores firmado no ano passado.

Nesta segunda-feira, ele disse que “iremos aderir com rigor ao nosso compromisso”, acrescentando que durante o período de seis meses do acordo a produção saudita poderá ficar na meta acertada ou, “como é o caso agora, ligeiramente abaixo”.