Análise de recurso contra leilão de Viracopos é adiado

A Anac ainda aguarda um parecer da Advocacia-Geral da União (AGU) sobre o tema

Brasília – O recurso contra o resultado do leilão do Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), não será julgado hoje (30) pela diretoria da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), como estava previsto. A agência ainda aguarda um parecer da Advocacia-Geral da União (AGU) sobre o tema e só depois o recurso será colocado novamente na pauta da diretoria.

Segundo a assessoria de imprensa da Anac, é um procedimento de praxe aguardar o parecer da AGU antes de a diretoria tomar alguma decisão importante. A expectativa é que o recurso possa ser analisado na próxima semana.

O recurso foi apresentado pelo consórcio Novas Rotas, liderado pela Odebrecht TransPort, que foi o segundo colocado no leilão de Viracopos, vencido pelo consórcio Aeroportos Brasil, composto pela Triunfo Participações e Investimentos (45%), UTC Participações (45%) e Egis Airport Operation (10%). O certame foi realizado em fevereiro e a concessão do aeroporto foi arrematada por R$ 3,8 bilhões.