Alimentação e bebidas caem 0,32% no IPCA de agosto

A deflação aumentou de 0,03% para 0,32%, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)

Rio – O grupo alimentação e bebidas aprofundou o ritmo de queda nos preços na passagem de julho para agosto, dentro do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15).

A deflação aumentou de 0,03% para 0,32%, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Como resultado, as despesas com alimentação e bebidas passaram de um impacto de -0,01 ponto porcentual no IPCA-15 de julho para -0,08 ponto porcentual no IPCA-15 de agosto.

O grupo foi o maior responsável por conter o aumento da inflação medida pelo indicador no mês. Em agosto, houve queda nos preços da batata-inglesa (-20,42%), tomate (-16,47%), feijão-carioca (-5,49%), hortaliças (-5,13%), óleo de soja (-3,17%) e feijão-preto(-3,11%).