Alemanha garante superávit orçamentário pelo 3º ano consecutivo

Resultado é atribuído a uma economia forte, taxas de juros baixas, maior arrecadação de impostos e um mercado de trabalho robusto

Berlim – O governo da Alemanha registrou superávit orçamentário de 6,2 bilhões de euros (US$ 6,5 bilhões) em 2016, fator que ajuda a sustentar o histórico econômico positivo da chanceler Angela Merkel neste ano eleitoral.

O Ministério de Finanças alemão atribuiu o resultado a uma economia forte, taxas de juros baixas, maior arrecadação de impostos e um mercado de trabalho robusto. Foi o terceiro ano seguido em que a Alemanha garantiu um salto positivo.

O superávit do ano passado, contudo, foi bem menor que o de 2015, de 12,1 bilhões de euros, o maior desde a Segunda Guerra Mundial.

O ministro de Finanças do país, Wolfgang Schäuble, afirmou que vai propor ao Parlamento o uso do superávit para o pagamento de dívidas, de modo a garantir a sustentabilidade das finanças públicas no longo prazo. Em 2016, a dívida do governo chegou a 1,27 trilhão de euros.

“É historicamente único termos atingido superávits orçamentários por três anos consecutivos”, disse um funcionário do ministério, que preferiu manter o anonimato.

Os gastos totais do governo alcançaram 311,2 bilhões de euros no ano passado, 5,7 bilhões de euros menos do que o previsto no orçamento, enquanto as receitas com impostos superaram a meta em 900 milhões de euros.

A Alemanha tem o objetivo de assegurar o equilíbrio do orçamento até 2020.

Fonte: Dow Jones Newswires.