São Paulo – Detroit enfrenta o ponto alto de uma crise financeira que vem se anunciado há alguns anos. Com dívidas beirando os 18 bilhões de dólares, a cidade pediu falência e vive agora uma onda de pessimismo.

Mas não foi sempre assim. Berço da indústria automobilística dos Estados Unidos, a cidade vivia com grande oferta de empregos e chegou a atrair uma boa população de outros lugares, que migrava para aproveitar a oferta de trabalho.

O movimento contrário foi justamente um dos motivos que levou a cidade à falência. Longe do que já foi um dia, Detroit viveu uma evasão, especialmente da classe média, que levou junto parte significativa dos impostos arrecadados.

Confira nas imagens cenas do dia a dia de Detroit em seus anos dourados (em ordem cronológica).

Tópicos: Cidades, Detroit, Estados Unidos, Países ricos, Falências