São Paulo - O Brasil ficou na 116º posição no relatório Doing Business 2014, do Banco Mundial, que mede a facilidade para se fazer negócios em 189 países do globo. O levantamento foi divulgado na noite desta segunda-feira e traz Singapura no primeiro lugar pelo oitavo ano consecutivo.

Nas primeiras posições, aparecem ainda Hong Kong, Nova Zelândia e Estados Unidos. Na América Latina, o país com a melhor colocação foi o Chile, em 34º lugar. 

Apesar da posição nacional ter melhorado em relação ao ano passado - em 2012, o país havia ficado na 130ª posição -, o Brasil integra o triste grupo que não realizou nenhuma reforma em seu ambiente regulatório no último ano.

Além disso, basta uma rápida comparação com o primeiro colocado para se medir o abismo no ambiente de negócios daqui e Singapura.

Como se o país não precisasse: enquanto são necessários 107 dias para se abrir um negócio no Brasil, na nação asiática bastam dois dias e meio, por exemplo.

Veja, a seguir, os números que não deixam dúvidas sobre o porquê da distância de 115 colocações entre Brasil e Singapura no Doing Business 2014:

Tópicos: Banco Mundial, Competitividade, Rankings, Listas, Singapura