Abril será o mês com maior volume de saques do FGTS

Segundo a Caixa, 26% do total de retiradas devem ser feitas neste mês, que contempla quem nasceu em março, abril e maio

São Paulo – Abril será o maior mês em que mais trabalhadores farão o saque do FGTS. Segundo a Caixa, 26% do total de retiradas devem ser feitas neste mês, que contempla quem nasceu em março, abril e maio.

Os outros meses com maior volume serão maio e junho, com 25% do total de saques cada um. Em março espera-se um volume de 16% e junho, 8%.

A Caixa Econômica Federal fará uma força-tarefa para atender os trabalhadores que têm direito a sacar dinheiro de suas contas inativas do FGTS.

As agências abrirão com duas horas de antecedência de 15 a 17 de fevereiro e também aos sábados próximos às datas de saque.

De acordo com o governo, são R$ 43 bilhões depositados em 49 milhões de contas inativas do FGTS. A estimativa de saques, contudo, é mais modesta: o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, prevê uma retirada de até R$ 35 bilhões do fundo.

Onde sacar

Além do autoatendimento, outra opção para saque são os canais parceiros (correspondentes Caixa Aqui e Lotéricas), onde são permitidos saques de até R$ 3 mil, apresentando o documento de identificação do trabalhador, Cartão do Cidadão e a respectiva senha.

Para os clientes da Caixa que têm conta poupança individual, o crédito será realizado automaticamente, conforme calendário. O valor estará disponível na conta no dia da abertura do calendário mensal.

Trabalhadores com conta em outros bancos podem solicitar a transferência direto com os atendentes das agências da Caixa. O banco estatal diz que não vai cobrar pela operação.

Os trabalhadores que tiverem qualquer dúvida sobre o recurso podem acessar o site http://www.caixa.gov.br/contasinativas, ou tirar dúvidas pelo telefone 0 800 726 2017.