Vídeo da Nasa mostra 10 dias do furacão Irma em 30 segundos

Adeus, Irma! Furacão foi rebaixado para a categoria de tempestade tropical. Veja sua trajetória

São Paulo – Irma foi rebaixado à categoria de tempestade tropical, deixando um rastro de morte e destruição por onde passou.

Os cientistas da Nasa acompanharam os ventos furiosos do furacão desde o início e condensaram 10 dias de imagens de satélite em 30 segundos para mostrar a ira de Irma no período de 1 de setembro a 10 de setembro.

O vídeo mostra o furacão se deslocando da África rumo aos Estados Unidos. A medida que se aproxima do continente americano, Irma se acelera até atingir ventos recordes.

As imagens de satélite foram captadas pelo GOES-16, um satélite geoestacionário operado pela Nasa e pela Administração Nacional Oceânica e Atmosférica (NOAA).

No vídeo também é possível ver a aproximação do furacão José, que enfraqueceu e foi rebaixado para categoria 1.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Maurício Oliveira

    Irma, José… Só faltava surgir outro furacão chamado Cunha.