Dólar R$ 3,28 0,59%
Euro R$ 3,67 0,09%
SELIC 11,25% ao ano
Ibovespa -1,54% 61.673 pts
Pontos 61.673
Variação -1,54%
Maior Alta 7,00% EMBR3
Maior Baixa -31,34% JBSS3
Última atualização 22/05/2017 - 17:21 FONTE

Tubarão-duende tem mordida assustadora ao estilo “Alien”; veja

Animal projeta mandíbula para capturar presa durante a perseguição

São Paulo – O tubarão-duende não tem só um visual incomum. A sua mordida é assustadora: sua mandíbula se projeta para frente no momento de capturar sua presa.

O animal é encontrado no fundo do mar, a mais de 100 metros de profundidade (alguns espécimes adultos já foram encontrados a até 1.200 metros), nos oceanos Atlântico, Índico e Pacífico. Ele faz parte de uma família chamada Mitsukurinidae, que é uma linhagem de cerca de 125 milhões de anos. Há quem chame o tubarão-duende de “fóssil vivo”.

Como não há iluminação o suficiente para ver suas presas, o tubarão-duende tem um sensor de eletricidade no seu focinho. Quando detecta um caranguejo ou um peixe, ele aciona sua mandíbula, que se parece com a do alienígena no filme de ficção-científica “Alien”. Diferentemente da maioria das espécies de tubarões, seus dentes são finos e pontiagudos como pregos. Veja o ato.

O corpo do animal é semitransparente e é por isso que ele é rosado: seus vasos sanguíneos ficam à mostra. Ele pode ter até 5,4 metros e pesar mais de 200 kgs.

Em 2011, um espécime foi encontrado por um barco de pesca na costa do Rio Grande do Sul. Como há registros de somente cerca de 40 animais como esse, ele foi doado para o Museu Oceanográfico da Fundação Universidade Federal do Rio Grande.

Como ele vive nas profundezas dos oceanos, o tubarão-duende não representa um risco para humanos.