Tempestades solares podem causar morte em massa de baleias

Cientistas da Nasa investigam se fenômeno é capaz de confundir as bússolas internas das baleias e outros cetáceos e fazê-los perder o rumo

São Paulo – O que causa o encalhe em massa de baleias e golfinhos? Esse é talvez um dos maiores mistérios da biologia marinha que os cientistas há anos tentam solucionar. Vários fatores podem estar envolvidos — doenças, ferimentos, o uso de sonares poderosos por embarcações militares e de pesca industrial e até mesmo a influência gravitacional da Lua são alguns deles. Agora, cientistas da agência espacial americana, Nasa,  estudam mais uma razão possível: o efeito de tempestades solares.

Eles desconfiam que as tempestades solares severas, que afetam os campos magnéticos da Terra, são capazes de confundir as bússolas internas das baleias e outros cetáceos e fazê-los perder o rumo.

Uma tempestade solar é uma descarga magnética no Sol que resulta numa liberação monstruosa de radiação, conhecida como “chamas solares”, erupções maciças de partículas carregadas e plasma magnético, basicamente, gás eletrificado.

Essas partículas e gases tremendamente quentes e com alta energia são expelidos a milhares de quilômetros da superfície do Sol. Quando direcionados à Terra, essas descargas solares podem interromper satélites e redes elétricas, além de representar um perigo para os astronautas nas naves espaciais.

Para agravar, tempestades solares também podem estar associadas a mudanças planetárias de grande escala que incluem terremotos, erupções vulcânicas, furacões e tornados violentos.

Diante de tudo isso, é possível que as anomalias magnéticas causadas pelas tempestades solares afete também o comportamento dos animais.

Os cientistas da Nasa observam que baleias, golfinhos e orcas se orientam pelos oceanos utilizando os campos magnéticos terrestres. Dessa forma, anomalias magnéticas poderiam ser, pelo menos, parcialmente responsáveis pelo encalhe de centenas desses animais ao mesmo tempo.

Agora, eles estão lançando uma investigação para determinar se existe um elo entre o encalhe em massa e as tempestades solares, uma pesquisa que envolve um esforço massivo de mineração de dados.

Uma equipe do Goddard Space Flight Center analisará as grandes bases de dados espaço-temporais da Nasa relativos a tempestades solares, além de dados sobre o encalhe de animais coletados pela agência Bureau of Ocean Energy Management (BOEM) e pelo Fundo Internacional para o Bem-estar Animal (IFAW), que trabalha em mais de 40 países no resgate de animais encalhados.

Os cientistas esperam com isso melhorar a capacidade de resposta dos órgãos competentes aos riscos de encalhe de baleias e outros cetáceos durante períodos de forte atividade solar em regiões comumente afetadas por tais fenômenos, como Nova Zelândia, Austrália, costa da Grã-Bretanha e em Cape Cod, Massachusetts, EUA.