Superlua aparecerá neste sábado

Lua cheia estará 14% maior e 30% mais brilhante

São Paulo – O melhor dia do ano para observar a lua será neste sábado, já que o satélite estará bem maior e mais brilhante do que o comum. A última vez que ela esteve com essas proporções foi há 18 anos, em março de 1993, conforme disse à NASA, Geoff Cherter, do Observatório Naval dos Estados Unidos. 

Segundo a agência espacial americana, por volta das 00h30 de sábado, a chamada “superlua” estará a apenas 357 mil quilômetros de distância da Terra, aproximadamente 24,6 mil quilômetros a menos do que o normal. No mesmo momento, ela terá 100% de seu disco iluminado, aumentando seu brilho sobre nosso planeta.

“Se um raio lunar te acordar na madrugada, talvez você queira sair da cama e dar uma olhada”, sugere o astrônomo Tony Phillips, no  site da agência espacial. E ele também dá a dica: “espere a lua se aproximar do horizonte para ver melhor o fenômeno”.

Apesar de acontecer seis vezes ao ano (a última foi dia 19 de março), estima-se que, dessa vez, ela estará 14% maior e 30% mais brilhante do que o normal.

O fenômeno é também chamado de “perigeu lunar” e consiste na aproximação da Lua com a Terra, já que a órbita lunar tem o formato de elipse, e não de círculo. 

É importante ficar atento aos horários de nascimento e ocaso da Lua. No Rio de Janeiro, ela vai nascer às 16h59, pondo-se às 5h27. Em São Paulo, o nascimento é às 17h13 e o poente, às 5h43, enquanto em Brasília os horários são 17h29 e 5h38.