Ovos de dinossauros levavam meses para chocar—diferente de aves

Estudo mostra que ovos de dinossauros poderiam levar até seis meses para chocar. Longo tempo pode ter sido crucial na extinção dos animais

São Paulo – Ovos de dinossauros demoravam até seis meses para chocar. A descoberta é uma surpresa para cientistas, que acreditavam que o tempo de incubação de um ovo de dinossauro era similar ao tempo de incubação de ovos de pássaros.

Essa dedução foi feita por pesquisadores já que os pássaros são os descendentes vivos de dinossauros–mais próximos do que répteis como crocodilos ou cobras. Cientistas acreditavam que a rápida incubação de ovos de pássaros era uma herança de seus ancestrais dinossauros.

Uma pesquisa publicada no periódico científico Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS), no entanto, aponta para novas informações. Ao analisar os dentes de dois embriões que não nasceram, o time de pesquisadores chegou às novas conclusões.

Liderada pelo doutor Gregory Erickson, da Universidade do Estado da Flórida, a pesquisa analisou um dinossauro que tinha porte de uma ovelha, o Protocerátops, e outro que habitava o Canadá, o Hypacrossauro, maior e mais pesado.

De acordo com os marcadores de desenvolvimento dos dentes, o primeiro deles levava cerca de três meses para nascer de um ovo. Já o Hypacrossauro poderia demorar até seis meses para nascer—os pesquisadores acreditam que dinossauros maiores poderiam demorar ainda mais tempo em incubação antes de nascer. Para comparação, um ovo de ave leva entre 11 e 85 dias para chocar.

A informação trouxe surpresa aos cientistas. Os cientistas acreditavam que o desenvolvimento de um embrião de dinossauro fosse mais similar ao das aves—que botam poucos ovos e chocam rapidamente. Os répteis, por sua vez, botam diversos ovos, que ficam por mais tempo em incubação. A nova pesquisa aponta, portanto, maior proximidade entre o tempo de incubação de dinossauros com répteis em geral.

Desvantagem

O longo tempo de incubação trouxe desvantagens. Dinossauros adultos ficavam presos a seus ovos para trazer segurança e proteção. Com isso, não tinham muita facilidade para migrar de região.

Os ovos também ficavam à mercê de intempéries climáticas como enchentes ou secas por um período muito longo de tempo.

Tomando como base a teoria de que os dinossauros foram extintos após o choque de um meteoro com a Terra, o longo tempo de incubação também traz desvantagens. Os dinossauros estavam se reproduzindo de forma lenta em comparação a outros animais que sobreviveram ao incidente e suas implicações.