Médicos realizam o primeiro transplante de pênis bem sucedido no mundo

Um sul-africano de 21 anos recebeu o órgão, após uma cirurgia de nove horas

Médicos sul-africanos anunciaram nesta sexta-feira (13) o primeiro transplante de pênis bem sucedido da história da medicina.

O paciente de 21 anos havia perdido o órgão em 2012, após complicações durante uma cirurgia de circuncisão. Depois de nove horas de procedimento, os médicos da universidade de Stellenbosch afirmam que o pênis transplantado está “completamente funcional”.

“Provamos que isso pode ser feito, demos a alguém um órgão tão útil quanto aquele que ele tinha antes”, afirma Frank Grawe, diretor do departamento de cirurgia plástica da universidade. Os médicos esperam que o paciente consiga usar totalmente o órgão transplantado em até dois anos.

“Os heróis disso tudo são o doador e sua família. Eles salvaram a vida de muitas pessoas pois doaram o coração, pulmões, rins, fígado, pele, córnea e até o pênis”, afirma o cirurgião Andre Van der Merwe, que liderou a equipe do procedimento, que aconteceu em dezembro.

Essa foi a segunda tentativa de transplante de pênis realizada no mundo. Em 2006, um procedimento semelhante teve que ser revertido na China, após o paciente sofrer problemas psicológicos após a operação.