Israel dispara fogo de artilharia contra Síria após foguetes

Israel considera o Exército sírio "responsável por esta flagrante violação da soberania israelense" e "não tolerará nenhum ataque procedente da Síria"

Jerusalém – O Exército israelense disparou nesta terça-feira fogo de artilharia contra posições do Exército sírio na região central do Golã controlado por esse país, após o impacto de foguetes na zona ocupada por Israel desde 1967, segundo informou em comunicado.

“Em resposta ao disparo de um foguete, o Exército israelense lançou artilharia e alcançou dois postos militares das Forças Armadas sírias no centro de as Colinas de Golã sírios”, diz a nota militar.

Israel considera o Exército sírio “responsável por esta flagrante violação da soberania israelense” e assegura que “não tolerará nenhum ataque procedente da Síria, intencional ou não”.

Em um primeiro momento, o Exército israelense informava que um foguete tinha impactado em seu território, aparentemente “fogo perdido” procedente do conflito interno no país vizinho.