Só há uma competência capaz de salvar o seu emprego

Tendência sem volta no mundo do trabalho traz um desafio gigante para os recrutadores, segundo diretora do ManpowerGroup

São Paulo – Não é o que você já sabe que vai garantir a sua empregabilidade no futuro e, sim, tudo o que você pode vir a saber. A partir de agora, a competência chave para a carreira de qualquer um é a capacidade de aprendizagem já que é esta habilidade que permite que as pessoas cresçam e se desenvolvam em um mundo em que a única certeza é que tudo pode – e sem dúvida vai – mudar num piscar de olhos.

“A tecnologia transformará 90% das 18 mil organizações pesquisadas em 43 países no estudo ‘Revolução das Competências’ realizado pelo ManpowerGroup no início desse ano em foi identificado que será demandada das pessoas maior capacidade de aprendizagem e numa velocidade jamais experimentada”, explica Marcia Almström, diretora de RH do ManpowerGroup no Brasil.

Àqueles que consideram que inexorabilidade da mudança nunca foi novidade o ritmo em que ela ocorre é, daí a importância da agilidade no processo de assimilação de novos conhecimentos.

“ É um desafio gigante para que faz seleção de candidatos porque elas hoje se espelham na história de carreira, no que o profissional já realizou e no seu conhecimento acumulado”, diz Marcia. Cada vez mais, candidatos que demonstrarem aprendizado rápido é que vão fisgar os recrutadores, segundo a diretora do Manpower.

Mas como é possível aprender mais rápido?

Uma nova ferramenta (learnability, em inglês) desenvolvida pelo ManpowerGroup em parceria com o Instituto Hogan pode ajudar na medida em que permite que as pessoas descubram, por meio de um teste rápido, qual é o seu jeito de aprender, ou seja, como são instigadas a buscar novas informações, segundo nove perfis de aprendizagem.

“O teste pode ser feito em cinco minutos e considera além dos aspectos psicológicos o desejo de aprender, o nível de curiosidades e abertura ao que é diferente, que são atitudes que impulsionam a capacidade de aprendizagem do indivíduo”, diz Marcia.

Ainda só há a versão em inglês, mas o nível exigido de conhecimento do idioma para responder às perguntas não é alto. “ Já pedimos a tradução e em agosto a ferramenta deve estar disponível em português”, diz Márcia.

Os nove estilos de aprendizagem

Entender o seu perfil é útil para saber qual o canal mais fluido de aprendizagem, ou seja, de que jeito você aprende mais facilmente e, portanto, com mais rapidez. “É importante para saber onde dedicar seus esforços para ter mais condições de desenvolvimento profissional”, diz Márcia.

Confira abaixo quais são os diferentes estilos e faça o teste disponível no site do ManpowerGroup para descobrir quais são os três que mais prevalecem em você:

ESTUDIOSO

Você é intelectualmente interessado, busca constantemente adquirir novos conhecimentos, independentemente da praticidade ou utilidade. Provavelmente se interessa por uma ampla gama de assuntos e é atraído por hobbies culturais.

Conselho: este é um excelente estilo de aprendizado – apenas atente-se para não negligenciar suas habilidades práticas ao explorar conteúdos e conceitos que são mais fascinantes a você.

PENSADOR

Você é orientado a adquirir novas competências, que sejam relevantes e práticas. Na maior parte do tempo orienta o seu aprendizado para temas e assuntos específicos, embora alguns assuntos favoritos possam ser considerados, independentemente de sua utilidade.

Conselho: Explore ao máximo as áreas de maior interesse e considere a hipótese de expandi-las para ampliar ainda mais os seus horizontes.

REALIZADOR

Com perfil prático, você geralmente confia em sua própria experiência e bom senso para resolver problemas. Prefere aprender coisas novas somente quando há um propósito claro.

Conselho: Esse estilo de aprendizagem o faz confiável e com embasamento, mas considere a possibilidade de explorar, em alguns momentos, “novos territórios” – você poderá descobrir novos interesses e talento em áreas ainda desconhecidas.

ORIGINAL

Você tende a questionar o modelo padrão estabelecido, com uma postura determinada e de forma original. Pode se interessar por novas tendências, mas somente se puder desenvolvê-las e melhorá-las.

Conselho: nesta perspectiva, seu estilo de aprendizagem pode torná-lo um verdadeiro pioneiro, mas considere a importância da contribuição coletiva e do trabalho em equipe como fonte de novos conhecimentos.

INOVADOR

Diante de novas ideias e tendências, você na maioria das vezes observa a experimentação pelo outro. Somente quando validada a sua eficácia, você as considera como fonte de aprendizagem.

Conselho: seu estilo o permite explorar as mudanças e novidades, mas de forma cautelosa. Em busca de maior agilidade, tenha iniciativa em alguns momentos, o que pode fazer sentido ao seu estilo.

TRADICIONALISTA

Usualmente você segue a etiqueta, protocolo e padrões. Valoriza a interação com o grupo e pares. Na maioria das ocasiões considera irrelevantes novas tendências e prefere uma abordagem direta e prática ao trabalhar com outras pessoas.

Conselho: seu estilo de aprendizagem favorece o trabalho em equipe, mas não tenha receio em ousar – arriscar pode diferenciá-lo dos demais.

AUDACIOSO

Você adora novas experiências e conhecer novas pessoas. Seu perfil adapta-se a situações incomuns e entedia-se rapidamente com coisas previsíveis e familiares. Para você, planos são limitantes – você prefere “arregaçar as mangas” e descobrir como as coisas funcionam.

Conselho: Atente-se a avaliar o cenário antes da ação, identificando no grupo perfis que apresentam maior cautela nos seus atos.

EXPLORADOR

Conhecer novas pessoas e experimentar coisas novas faz parte do seu perfil, contudo não o tempo todo. Embora você fique entediado com muita rotina, um local de trabalho completamente desestruturado pode deixá-lo frustrado. Diante de novas experiências seu otimismo é moderado e esse equilíbrio lhe é favorável.

Conselho: Seu desafio é não se acomodar ao conhecido e rotineiro e ampliar as oportunidades de aprendizagem.

PLANEJADOR

Você se sente mais à vontade com pessoas conhecidas e ambientes familiares. Você prefere o conhecido ao desconhecido e gosta de planejar com antecedência. “Em time que está ganhando não se mexe” resume bem o seu modo de viver. É uma estratégia sólida, embora ela possa limitar suas oportunidades.

Conselho: “Abra a sua mente” para o inesperado para ampliar as oportunidades de aprendizagem.

Seis dicas práticas para estimular a sua capacidade de aprender

Márcia compartilhou com Exame.com dicas para quem quer aprender mais rápido, e elas são válidas para todos os perfis de aprendizagem:

1. Saiba mais sobre o que você acha que já sabe.

2. Foque aquilo que você precisa desenvolver.

3. Elimine distrações.

4.Conviva com pessoas diferentes.

5. Diga sim para ideias diferentes das suas.

6. “Abrace” a diferença como um princípio, um valor pessoal.