Dólar R$ 3,27 -0,54%
Euro R$ 3,65 0,07%
SELIC 11,25% ao ano
Ibovespa 1,36% 64.085 pts
Pontos 64.085
Variação 1,36%
Maior Alta 4,89% RADL3
Maior Baixa -6,09% JBSS3
Última atualização 26/05/2017 - 17:20 FONTE

Os salários das carreiras mais disputadas na Receita Federal

Confira quanto ganham auditores fiscais, analistas tributários da Receita Federal e veja também os salários dos auditores de fiscais do Trabalho

São Paulo – Com salários reajustados desde o dia 1º de janeiro, auditores fiscais do Trabalho, da Receita Federal e analistas tributários vão começar a receber um bônus por produtividade no começo de fevereiro.

Vale lembrar que essas carreiras são algumas das mais cobiçadas da esfera pública e a expectativa de concurso público para este ano é alta, segundo especialistas.

A ideia do bônus é estimular os funcionários federais na ativa, mas o benefício também vai ser pago a aposentados e pensionistas.

O dinheiro vai cair na conta de 45 mil pessoas. O que cada um vai recebe ao todo depende de metas ainda não estabelecidas, mas já foram fixadas duas parcelas de 7,5 mil reais para os auditores e duas de 4,5 mil para os analistas. Os custos aos cofres públicos será 8 bilhões de reais até 2019.

Definido durante o governo Dilma, o bônus entrou em vigor em dezembro, quando também foram publicados os aumentos de salário desses três profissionais. As informações oficiais estão disponíveis no Diário Oficial da União do dia 30 de dezembro.

Confira os salários que auditores e analistas recebiam até o ano passado, quanto estão ganhando agora e os aumentos definidos até 2019.

Como é praxe na carreira pública, a progressão se dá pela evolução dos padrões e classes sendo o nível inicial no Padrão I da Segunda Classe e o final no padrão III da Classe Especial:

Cargo de Auditor-Fiscal da Receita Federal

Segunda Classe:

Padrão I:
R$18.926,20 (até dezembro de 2016)
R$19.211,01 (a partir de 1º janeiro de 2017)
R$20.123,53 (a partir de 1º de janeiro de 2018)
R$21.029,09 (a partir de 1º janeiro de 2019)

Padrão II
R$19.035,38 (até dezembro de 2016)
R$19.987,14 (a partir de 1º de janeiro de 2017)
R$20.936,53 (a partir de 1º de janeiro de 2018)
R$21.878,68 (a partir de 1º de janeiro de 2019)

Padrão III
R$19.416,08 (até dezembro de 2016)
R$20.386,89 (a partir de 1º de janeiro de 2017)
R$21.355,26 (a partir de 1º de janeiro de 2018)
R$22.316,25 (a partir de 1º de janeiro de 2019)

Primeira Classe:

Padrão I
R$ 20.192,72 (até dezembro de 2016)
R$21.202,36 (a partir de 1º de janeiro de 2017)
R$22.209,47 (a partir de 1º de janeiro de 2018)
R$23.208,90 (a partir de 1º de janeiro de 2019)

Padrão II
R$21.008,51 (até dezembro de 2016)
R$22.058,94 (a partir de 1º de janeiro de 2017)
R$23.106,74 (a partir de 1º de janeiro de 2018)
R$24.146,54 (a partir de 1º de janeiro de 2019)

Padrão III
R$ 21.428,67 (até dezembro de 2016)
R$22.500,11 (a partir de 1º de janeiro de 2017)
R$ 23.568,86 (a partir de 1º de janeiro de 2018)
R$24.629,46 (a partir de 1º de janeiro de 2019)

Classe especial:

Padrão I
R$ 22.686,97 (até dezembro de 2016)
R$ 23.821,32 (a partir de 1º de janeiro de 2017)
R$24.952,83 (a partir de 1º de janeiro de 2018)
R$26.075,71 (a partir de 1º de janeiro de 2019)

Padrão II
R$ 23.095,33 (até dezembro de 2016)
R$24.250,10 (a partir de 1º de janeiro de 2017)
R$25.401,98 (a partir de 1º de janeiro de 2018)
R$26.545,07 (a partir de 1º de janeiro de 2019)

Padrão III
R$ 23.755,31 (até dezembro de 2016)
R$24.943,07 (a partir de 1º de janeiro de 2017)
R$26.127,87 (a partir de 1º de janeiro de 2018)
R$27.303,62 (a partir de 1º de janeiro de 2019)

Analista–tributário da Receita Federal

Segunda Classe:

Padrão I
R$ 10.165,92 (até dezembro de 2016)
R$10.674,21 (a partir de 1º de janeiro de 2017)
R$11.181,24 (a partir de 1º de janeiro de 2018)
R$11.684,39 (a partir de 1º de janeiro de 2019)

Padrão II
R$10.576,62 (até dezembro de 2016)
R$11.105,45 (a partir de 1º de janeiro de 2017)
R$11.632,96 (a partir de 1º de janeiro de 2018)
R$12.156,44 (a partir de 1º de janeiro de 2019)

Padrão III
R$10.788,15 (até dezembro de 2016)
R$11.327,55 (a partir de 1º de janeiro de 2017)
R$11.865,61 (a partir de 1º de janeiro de 2018)
R$ 12.399,56 (a partir de 1º de janeiro de 2019)

Primeira Classe:

Padrão I
R$11,219,67 (até dezembro de 2016)
R$11.780,66 (a partir de 1º de janeiro de 2017)
R$12.340,24 (a partir de 1º de janeiro de 2018)
R$12.895,55 (a partir de 1º de janeiro de 2019)

Padrão II
R$ 12.135,20 (até dezembro de 2016)
R$12.741,96 (a partir de 1º de janeiro de 2017)
R$13.347,20 (a partir de 1º de janeiro de 2018)
R$13.947,83 (a partir de 1º de janeiro de 2019)

Padrão III
R$12.620,61 (até dezembro de 2016)
R$13.251,64 (a partir de 1º de janeiro de 2017)
R$13.881,09 (a partir de 1º de janeiro de 2018)
R$14,505,74 (a partir de 1º de janeiro de 2019)

Classe Especial:

Padrão I
R$13.387,94 (até dezembro de 2016)
R$14.057,34 (a partir de 1º de janeiro de 2017)
R$14.725,06 (a partir de 1º de janeiro de 2018)
R$15.387,69 (a partir de 1º de janeiro de 2019)

Padrão II
R$ 13.655,70 (até dezembro de 2016)
R$14.338,48 (a partir de 1º de janeiro de 2017)
R$15.019,56 (a partir de 1º de janeiro de 2018)
R$15.695,44 (a partir de 1º de janeiro de 2019)

Padrão III
R$ 14.160,85 (até dezembro de 2016)
R$14.868,90 (a partir de 1º de janeiro de 2017)
R$15.575,17 (a partir de 1º de janeiro de 2018)
R$16.276,16 (a partir de 1º de janeiro de 2019)

Auditor-fiscal do trabalho

Segunda Classe:

Padrão I
R$18.296,20 (até dezembro de 2016)
R$19.211,01 (a partir de 1º de janeiro de 2017)
R$20.123,53 (a partir de 1º de janeiro de 2018)
R$21.029,09 (a partir de 1º de janeiro de 2019)

Padrão II
R$19.035,38 (até dezembro de 2016)
R$19.987,14 (a partir de 1º de janeiro de 2017)
R$20.936,53 (a partir de 1º de janeiro de 2018)
R$21.878,68 (a partir de 1º de janeiro de 2019)

Padrão III
R$19.416,08 (até dezembro de 2016)
R$20.386,89 (a partir de 1º de janeiro de 2017)
R$21.355,26 (a partir de 1º de janeiro de 2018)
R$22.316,25 (a partir de 1º de janeiro de 2019)

Primeira Classe:

Padrão I
R$20.192,72 (até dezembro de 2016)
R$21.202,36 (a partir de 1º de janeiro de 2017)
R$22.209,47 (a partir de 1º de janeiro de 2018)
R$23.208,90 (a partir de 1º de janeiro de 2019)

Padrão II
R$ 21.008,51 (até dezembro de 2016)
R$22.058,94 (a partir de 1º de janeiro de 2017)
R$23.106,74 (a partir de 1º de janeiro de 2018)
R$24.146,54 (a partir de 1º de janeiro de 2019)

Padrão III
R$21,428,67 (até dezembro de 2016)
R$22.500,11 (a partir de 1º de janeiro de 2017)
R$23.568,86 (a partir de 1º de janeiro de 2018)
R$24.629,46 (a partir de 1º de janeiro de 2019)

Classe Especial:

Padrão I
R$ 22.686,97 (até dezembro de 2016)
R$23.821,32 (a partir de 1º de janeiro de 2017)
R$24.952,83 (a partir de 1º de janeiro de 2018)
R$26.075,71 (a partir de 1º de janeiro de 2019)

Padrão II
R$ 23.095,33 (até dezembro de 2016)
R$24.250,10 (a partir de 1º de janeiro de 2017)
R$25.401,98 (a partir de 1º de janeiro de 2018)
R$26.545,07 (a partir de 1º de janeiro de 2019)

Padrão III
R$ 23.755,31 (até dezembro de 2016)
R$24.943,07 (a partir de 1º de janeiro de 2017)
R$26.127,87 (a partir de 1º de janeiro de 2018)
R$27.303,62 ( a partir de 1º de janeiro de 2019)