O Santander fez uma surpresa para os aprovados no seu trainee

O presidente do banco, Sergio Rial, surpreendeu finalistas com uma ótima notícia hoje durante treino livre da F-1

São Paulo – O que era para ser um dia decisivo para os 27 candidatos finalistas da seleção de trainees do Santander se transformou em uma data comemorativa. Convidados a assistir ao treino livre do Grande Prêmio Brasil de Formula 1 no Autódromo de Interlagos, em São Paulo (SP), como parte da última fase do processo seletivo, os jovens foram surpreendidos pelo presidente do Santander, Sergio Rial, que contou que todos já estavam aprovados.

“Preparem- se é uma organização bacana, mas é uma organização com muita ambição. Velocidade é uma marca importante do Santander e a gente está aqui (no Autódromo de Interlagos) não por acaso, a gente não quer ser veloz de maneira irresponsável, a gente quer ser veloz porque o mundo já mudou as pessoas estão conectadas, ou seja, banco em 2016 é diferente do que era lá atrás e a gente está criando e fazendo uma empresa muito diferente”, disse Rial aos jovens, pouco antes de anunciar que todos ali já eram os novos trainees do banco.

Com 11.942 inscritos para esta edição, o programa de trainees do Santander foi retomado neste ano, após nove anos sem ofertar vagas. Aberto a todas as instituições de ensino e universitários de todas as áreas, o programa superou as expectativas tanto pelo número de interessados como também pelo nível dos candidatos. Com isso, o banco decidiu ampliar o número de vagas e vai contratar os 27 finalistas, quase o dobro do que havia sido previsto.

Entre os escolhidos, há candidatos de São Paulo, Bahia, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro e Rio Grande do Norte. Quanto à área de formação, foram selecionados jovens formados em design, engenharia do petróleo, biotecnologia, engenharia (elétrica, mecânica, química e produção), entre outras. E, como a foto acima mostra e Rial fez questão de pontuar: “as mulheres dominam”.

O programa, contou a VP de RH do Santander Vanessa Lobato a Exame.com, dura um ano e vai além da rotina de escritório. A partir de 2017, os jovens vão conhecer da rotina de agência às áreas administrativas e devem viajar para perceber também o impacto das diferenças regionais na atuação do Santander.